*
*
*
*
Ferreri Criações Tecelagem Manual fios e tramas tear manual

RECEITA: CASAQUINHO ANNE FLOWERS


Material:

1 novelo [1] de Circulo Anne cor 9722

Fio na cor verde – para as flores (opcional);

Agulha para crochê e Agulha para tapeçaria (sem ponta);

Pedrarias ou botões (opcional);

Tear de pregos e Tear MultiFlor/Roseta

Ponto: Jacaré e Meia

Quantidade de Pregos: 42

Cala: 3 cm

Manequim: 44

 

Cálculo de Pontos: Siga as instruções de Como calcular as medidas do seu trabalho (Post de 09/01/2007); Modo de fazer:  Laterais: Passe o fio por 21 pregos utilizando o Ponto Jacaré. Passe um fio sobre os pontos e amarre na parte de baixo da abertura do tear (este fio serve apenas para guiar o trabalho, na finalização ele deve ser retirado).Teça 15 carreiras (Ponto Jacaré) e na 16º carreira mude para o Ponto Meia teça por 12 carreiras (totalizando 27 carreiras). Começando o decote (Central):  Pegue o ponto número 21 em cima e em baixo e passe para o ponto número 20, passe os fios sobre estes pontos e abaixe para cair a trama. Faça mais 2 carreiras. Agora pegue o ponto número 20 em cima e em baixo e passe para o ponto número 19, faça as 3 carreiras. Nota: A cada redução você deverá fazer 3 carreiras. Reduza até chegar a 10 pontos no tear e complete com mais 3 carreiras (total de 60 carreiras). Faça mais uma peça idêntica a essa. Atenção:  O Ponto Jacaré tem lado direito (com detalhe que lembra uma trança) e avesso (liso). O lado direito deve ficar para fora quando for fechar o trabalho. Sendo assim, quando for iniciar o decote das duas laterais certifique-se que está fazendo o decote do lado certo (quando juntar as duas partes ficarão com um “V” no centro) e o Ponto Jacaré (lado direito – trança) aparecendo na barra. Costas: Passe o fio por 42 pregos utilizando o Ponto Jacaré. Passe um fio sobre os pontos e amarre na parte de baixo da abertura do tear (este fio serve apenas para guiar o trabalho, na finalização ele deve ser retirado). Teça 15 carreiras (Ponto Jacaré) e na 16º carreira mude para o Ponto Meia. Teça por 42 carreiras. Detalhe – Gola:  Pegue um fio e faça uma correntinha entre os pregos de número 11 e 32. Agora arremate este intervalo. Faça mais 3 carreiras de cada lado (os 10 pregos que sobraram de cada lado) e arremate. Mangas: [2] Passe o fio por 24 pregos utilizando o Ponto Jacaré. Passe um fio sobre os pontos e amarre na parte de baixo da abertura do tear (este fio serve apenas para guiar o trabalho, na finalização ele deve ser retirado). Teça 15 carreiras (Ponto Jacaré) e na 16º carreira mude para o Ponto Meia. Teça em Ponto Meia por 45 carreiras (totalizando 60 carreiras). Arremate. Faça mais uma peça idêntica.Flores: O acabamento foi feito todo em flores confeccionadas em tear multiflor/ roseta. Utilizei as flores nas laterais centrais e na gola. Apliquei uma flor na manga e em uma das laterais da peça. Você pode substituir as flores em tear multiflor/ roseta por flores de crochê. No miolo foram aplicadas pedrarias e na flor da manga foi aplicada uma pedra maior para destaque. Montagem: Costure os ombros e as laterais do casaco lembrando de deixar o espaço para as mangas. utilize as correntinhas do trabalho ou uma agulha de tapeçaria com o mesmo fio.  


[1] Caso queira trabalhar com 2 fios juntos (para que a peça fique mais encorpada) adquira mais um novelo de Circulo Anne cor 9722.

[2] Para arrematar as mangas utilize a técnica apresentada no Blog Mais Tear - http://maistear.blog.terra.com.br/  Este arremate deixa a peça elástica e você não correrá o risco da manga ficar apertada debaixo do braço.



Postado por Elaine Ferreri às 11h01
[ ] [ envie esta mensagem ]



Elaine

Meu nome é Elaine e criei este espaço para compartilhar meus conhecimentos em tear de pregos com todos que fazem do tear uma terapia, fonte de renda ou até mesmo como passa-tempo. Estou muito feliz com tudo que este espaço já me proporcionou, aprendi muito, criei e o mais importante foram as inumeras amizades que fiz. Minha maior recompensa é saber que este espaço está ajudando muitas amigas e amigos a desenvolver suas habilidades artesanais.

Tear- muito mais que uma fonte de renda, é uma terapia!!!



Visite também nossa Comunidade no Orkut.

Obrigada por sua visita.


Fale comigo Ferreri Criações Tecelagem Manual no Orkut!


A história do tear.

Mesmo com a modernização da tecelagem o Tear nunca deixou de ser utilizado pelos artesãos de todo o mundo. Hoje é fácil encontrar pessoas que fazem questão de adquirir peças confeccionadas artesanalmente por serem peças exclusivas. Nos últimos anos o Tear está presente na forma de vestir de muitas pessoas e por este motivo é crescente o a busca por um aprendizado. O Tear de Pregos, Tear Tricô eu até mesmo como ficou conhecido "Tear de Cachecol" está sendo cada vez mais procurado por ser um instrumento muito simples onde podemos confeccionar cachecóis, bolsas, gorros, echarpes, xales, blusas, casacos e muito mais.