*
*
*
*
Ferreri Criações Tecelagem Manual fios e tramas tear manual

Ponto Rabo-de-Gato


Amostra Ponto Rabo-de-Gato



Postado por Elaine Ferreri às 15h24
[ ] [ envie esta mensagem ]


Ponto Espinha


Coloquei a receita da Blusa Fitinha amarela Fios e Tramas e agora estou colocando a receita do ponto Espinha que foi utilizado como detalhe da blusa.

 

 

Muitas pessoas tem me perguntado como voltar o ponto Espinha. Façam o seguinte:

Na ida olhem o gráfico da DIREITA para a ESQUERDA e na volta olhem o gráfico da ESQUERDA para a DIREITA



Postado por Elaine Ferreri às 11h21
[ ] [ envie esta mensagem ]


Blusa Fitinha amarela Fios e Tramas


Esta é minha mais nova criação... blusa amarela com fitinha...

Material:

1 novelo de linha Pingouin Bella Verão cor 204

1 novelo de linha Pingouin Neoné Verão cor 276

1 novelo de linha Círculo Anne Brilho cor 7030

Agulha para crochê;

Tear de pregos.

 

Ponto: Meia e espinha

Quantidade de Pregos: 34

Cala: 3 cm

Manequim: 42/44

 

Modo de fazer:

 

Utilizando a linha Pingouin Bella Verão e Círculo Anne Brilho coloque 34 pontos (Ponto Meia) no tear. Se preferir faça uma correntinha na primeira carreira para segurar o trabalho, se utilizar a correntinha faça com pontos bem frouxos para que o trabalho não perca a elasticidade. Faça 5 carreiras de ponto meia. Agora comece o detalhe da barra da regata: Na carreira de baixo pegue o ponto do 1º prego e passe para o segundo deixando o anterior livre. Faça isso com todos os pregos desta carreira. Na carreira superior passe o ponto do 2º prego para o primeiro deixando o próximo livre. Agora passe o fio apenas nos pregos que tenham pontos deixando os outros livres por enquanto. Abaixe os pontos. Passe o fio mais uma vez apenas nos pregos com pontos e baixe os pontos para cair à trama. Agora passe o fio por todos os pregos (34) abaixe os fios. Continue o trabalho em ponto meia por aproximadamente 36 carreiras desde a barra ou até alcançar a altura do busto. Detalhe em Ponto Espinha. (utilize os 3 fios juntos). Agora passe o fio em ponto Espinha – são 3 carreiras ao todo. Começando o decote: Passe o fio em ponto meia pelos 34 pontos, abaixe para cair a trama. Agora você vai trabalhar com a metade dos pregos aqui estamos trabalhando com 34 pregos então trabalharemos por enquanto com 17 pregos. Passe o fio pelos 17 pregos, faça 3 carreiras. Agora comece a redução, reduza um ponto de cada lado, faça 3 carreiras. A cada 3 carreiras reduza um ponto de cada lado até ficar com 3 pontos. Faça mais uns 10 centímetros em ponto meia. Arremate. Faça o mesmo com o outro lado. Costas: a parte de trás deve seguir o mesmo procedimento até a 36º carreira. Utilizando os 3 fios faça o detalhe do ponto espinha e mais 5 carreiras em ponto meia. Importante: faça as alças da regata de acordo com o tamanho desejado. Elas são costuradas nos pontos 8, 9 e 10 e 25, 26 e 27. Para fechar o trabalho utilize a própria correntinha formada pelos pontos ou se preferir utilize uma agulha para tapeçaria. Deixando seu trabalho ainda mais bonito: termine com ponto em crochê ou qualquer outro trabalho que você conhecer. Esta regata ganhou um detalhe com o fio Neoné – uma franja lateral em desnível.



Postado por Elaine Ferreri às 20h34
[ ] [ envie esta mensagem ]



Elaine

Meu nome é Elaine e criei este espaço para compartilhar meus conhecimentos em tear de pregos com todos que fazem do tear uma terapia, fonte de renda ou até mesmo como passa-tempo. Estou muito feliz com tudo que este espaço já me proporcionou, aprendi muito, criei e o mais importante foram as inumeras amizades que fiz. Minha maior recompensa é saber que este espaço está ajudando muitas amigas e amigos a desenvolver suas habilidades artesanais.

Tear- muito mais que uma fonte de renda, é uma terapia!!!



Visite também nossa Comunidade no Orkut.

Obrigada por sua visita.


Fale comigo Ferreri Criações Tecelagem Manual no Orkut!


A história do tear.

Mesmo com a modernização da tecelagem o Tear nunca deixou de ser utilizado pelos artesãos de todo o mundo. Hoje é fácil encontrar pessoas que fazem questão de adquirir peças confeccionadas artesanalmente por serem peças exclusivas. Nos últimos anos o Tear está presente na forma de vestir de muitas pessoas e por este motivo é crescente o a busca por um aprendizado. O Tear de Pregos, Tear Tricô eu até mesmo como ficou conhecido "Tear de Cachecol" está sendo cada vez mais procurado por ser um instrumento muito simples onde podemos confeccionar cachecóis, bolsas, gorros, echarpes, xales, blusas, casacos e muito mais.